Crise financeira e os empregos

Hoje há muita gente disposta a emigrar, deixar sua terrinha, samba e feijoada para tentar uma vida melhor em outros países como Inglaterra, Alemanha, Austrália, Estados Unidos, Canadá e até Índia.

O que mais assombra hoje é a tal Crise Financeira, que está virando desculpa até para não comprar um pacote de bolacha para o filho ou aumentar a mesada dele. O que vemos acontecer no mundo é basicamente: Demissões em massa em montadoras, jornais falindo e até um rumor de demissões na Microsoft. Ora, é claro que a crise existe e não podemos ignora-la, ela está começando bater a nossas portas e vai afetar bastante empresas que tem seu lucro baseado em publicidade. A conta é simples: Empresas contendo dinheiro, a primeira coisa a cortar é marketing. Então estão dispostas a pagar menos por anúncios.

Mas enfim, curiosamente a crise não está abalando geral o setor de tecnologia que ainda continua dando muito retorno obrigado. Sites de empregos borbulham ofertas lá fora (aqui no Brasil ainda não, pois ainda não passamos do carnaval).

Lá fora, programadores .NET ganham em média US$ 90.000 ano ano, Javeiros conseguem abocanhar cifras de US$ 95.000 ao ano. Quem ama Flash, SQL e PHP pode ganhar entre 69 e 82 doletas! Designers não ficam de fora, designers e web designers ganham em média 71 mil dólares ao ano. (dados vindos do Indeed.com, com dados da terra do Tio San).

A terra do canguru saltante e da folha de maple vão muito bem também, apesar de não ter tantas ofertas publicadas, caso queira ver, uma consulta no site Monster.ca ajuda. Os dois gráficos abaixo mostram o crescimento de ofertas de emprego relacionadas a Design de Interfaces e Programadores.

Interface Designer Job Trends graph

Developer Job Trends graph

De acordo com o Meiobit.com baseado na Computerworld internacional, destaca-se as vagas para SAP e programadores C# .NET (sim, Java não está entre os preferidos de 2009, desculpem).

E aqui no Brasil?
Bem, de acordo com a revista Computerworld o número de ofertas ficará estagnado por causa da famosa Crise Financeira supracitada. Mas não quer dizer que não terão novas vagas, só serão menos que 2008. O melhor a fazer é, cuidar de sua atual carreira e arriscar menos no mercado externo.

Aproveite a crise financeira para melhorar suas habilidades, fazer cursos para então quando a crise passar e o mercado reaquecer, arriscar mais aqui e lá fora.

This entry was posted in In Portuguese and tagged , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Please note that all fields are required. In order to keep the site clean and free of any subscription to comment, please do not post ads, no spam, no link dropping, no domain names. Your e-mail will not be published. All comments are moderated (they will appear shortly). rel="nofollow" in use: no page rank will be considered for links here. All fields are required. Thank you to share your thoughts :-)

*